10 curiosidades sobre os 10 anos do Museu do Futebol

Publicado em 03/10/2018

10 curiosidades sobre os 10 anos do Museu do Futebol
O Museu do Futebol completou dez anos no último sábado (29/09), e essa parte da história você pode até conhecer. Você também pode saber que mais de 3,4 milhões de pessoas já visitaram o equipamento cultural situado no avesso das arquibancadas do Estádio do Pacaembu e que a instituição construiu durante a primeira década de vida um trabalho voltado a utilizar o esporte como uma ferramenta para discutir assuntos como gênero, cultura, economia e a própria formação da identidade do país. Mas você sabia que o Museu do Futebol já foi palco de um casamento? Sabia que já recebeu Tarzan, Professor Xavier, Caesar (Planeta dos Macacos) e o Neville de Harry Potter? Sabe qual foi o recorde registrado no “Chute a Gol”?
 
Para celebrar o décimo aniversário, selecionamos dez curiosidades que marcaram a história do Museu do Futebol. Sabe quantas exposições temporárias foram realizadas até aqui? Sabe qual foi o dia com mais visitantes na década?
 
Veja abaixo alguns aspectos que marcaram a história dos primeiros dez anos do Museu do Futebol:
 
1 – Exposições temporárias
 
O Museu do Futebol já recebeu 12 exposições temporárias. “As Marcas do Rei”, “Mania de Colecionar”, “Ora, bolas! O futebol pelo mundo”, “Copas do Mundo de A - Z”, “Olhar com outro Olhar”, “Vestiário”, “Será que foi, seu juiz”, “Futebol de Papel”, “Brasil 20 Copas”, “Visibilidade para Futebol Feminino” e “A Primeira Estrela: o Brasil na Copa de 1958” foram realizadas, e “Clássico é Clássico e vice-versa”, inaugurada no dia 29 de setembro, está em cartaz até 03 de fevereiro.
 
2 – A vez das mulheres
 
Em 2015, o Museu do Futebol passou por uma revisão para abrir mais espaços para o futebol feminino. Foi nesse período, por exemplo, que Formiga e Marta foram incluídas entre os ídolos retratados na sala Anjos Barrocos.
 
3 – A vez dos idosos
 
O Museu do Futebol lançou em 2016 o programa “Museu Amigo do Idoso”, que buscou melhorias no atendimento a esse público a partir de uma troca de experiências com idosos. Maria Elisa Franceschini integrou a equipe da instituição de abril a julho, e Jorge Expósito ficou de setembro a novembro.
 
4 – O recorde de público
 
O dia em que o Museu do Futebol recebeu mais visitantes: 21 de junho de 2014, durante a Copa do Mundo realizada no Brasil. Nessa data, 6.419 pessoas passaram pelas bilheterias.
 
5 – O chute mais forte
 
Ainda falando de recordes, uma das atrações mais populares do Museu do Futebol é o Chute a Gol, no qual o visitante pode cobrar um pênalti em um gol virtual e medir a velocidade de seu disparo. Até hoje, o orientador de público Rafael foi responsável pelo maior número registrado pelo aparelho: a bola dele viajou a 154 quilômetros por hora.
 
6 – O maior visitante
 
Em dez anos, o maior visitante que o Museu do Futebol recebeu foi o francês Rudy Gobert. O jogador de basquete, que defende o Utah Jazz na NBA (liga profissional dos Estados Unidos), tem 2,16m de altura.
 
7 – Hollywood vai ao museu
 
O Museu do Futebol ainda não virou história de Hollywood, mas quatro atores que fazem sucesso nos cinemas dos Estados Unidos já passaram pelo Museu do Futebol. Matthew Lewis (o Neville Longbottom nos filmes do bruxo Harry Potter) esteve no local em 2010, Patrick Stewart (o professor Xavier de X-Men) conheceu em 2014, Alexander Skarsgard (o Tarzan) visitou em 2016 e Andy Serkis (o Caesar de “Planeta dos Macacos” e o Gollum de “Senhor dos Anéis”) em 2017.
 
8 – O casamento
 
Durante os dez anos de vida, o Museu do Futebol já recebeu eventos corporativos e festas de diferentes públicos. Nessa lista, uma cerimônia chamou atenção: em 2013, a são-paulina Priscilla e o corintiano Felipe escolheram o espaço para celebrar seu casamento.
 
9 – Biblioteca disputada
 
Desde 2013, quando foi inaugurada, a biblioteca do Centro de Referência do Futebol Brasileiro já recebeu mais de 21 mil visitas. Trata-se da maior biblioteca pública sobre futebol no país.
 
10 – Museu do Futebol pelo Brasil
 
Uma das novidades do Museu do Futebol em 2018 foi o lançamento de uma exposição itinerante pelo Brasil. Foi a primeira vez em que o equipamento levou seu conteúdo para fora do estado de São Paulo, e três cidades já receberam a mostra “Museu do Futebol na Área”: Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG), onde o material está até 15 de outubro. A próxima parada será em Porto Alegre (RS).

ABERTO

  • De terça a domingo das 9h às 18h (entrada até 17h)
  • Sujeito a alterações em dias de jogos no Estádio do Pacaembu.
  • Confira sempre a programação aqui.

FECHADO

  • Todas as segundas-feiras
  • 1 de janeiro
  • Quarta-feira de cinzas
  • 24, 25 e 31 de dezembro

ESTACIONAMENTO

  • Estacione na Praça Charles Miller com Zona Azul
  • Compre em postos de venda autorizados ou use aplicativos para celular.
  • Um Cartão Azul Digital (CAD) custa R$ 5 e vale por 3 horas na Praça Charles Miller.

MUSEU DO FUTEBOL

  • Praça Charles Miller, s/n – São Paulo/ SP – Brasil
  • Estádio Paulo Machado de Carvalho - Pacaembu
  • São Paulo, SP Brasil - (55) 11 3664-3848
  • contato@museudofutebol.org.br
  • OUVIDORIA
Copyright 2016 - Museu do Futebol - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: MW Way